Bom dia, tudo bem?Vi em um vídeo da ficçomos, que fala que a protagonista deve ser a pessoa que mais sofre ou faz mudanças na narrativa. Isso me deixou confusa sobre quem escolher na estória que venho escrevendo. É de suspense e fantasia.Existe a 🙅🏻‍♀️, ela é mais quieta, não interage com as pessoas, porque ela sempre perde quem ama e acha que é culpa dela. E também tem a 🙋🏼‍♀️, (eu não tenho nome das personagens ainda, então vai ser emoji, desculpa. E o emoji não parece fisicamente, tô escolhendo mais o que acho que combina msm). A 🙋🏼‍♀️ é super simpática, mesmo tendo passado por problemas na sua vida, porque ela acredita que sempre há esperança das coisas melhorarem e que tudo é uma aventura.Como é fantasia, tem toda aquela baboseira clichê que há uma pessoa que tem que salvar a população do mal, isso e aquilo. Mas ainda tô revendo isso. Daí, o rapaz que gosta da 🙅🏻‍♀️, pesquisa quem é para descobrir a pessoa, pois quer saber se há esperança e tals. Ele coloca na cabeça que 🙅🏻‍♀️ é ela, por ter aspectos físicos e gostos que combina, e faz com que todos acreditem que é ela. Mesmo ela negando, já que as coisas que eles acreditam qualquer pode ter. Até aí ela seria a protagonista, para mim. Mas no meu plot twist, 🙋🏼‍♀️ seria a garota que eles tão procurando e nunca repararam que também se encaixa nisso. Mas ainda precisaria da ajuda da 🙅🏻‍♀️ em algum momento.E eu fiquei pensativa, porque a 🙋🏼‍♀️ ficaria vendo as pessoas dizerem que é sua amiga que vai fazer isso e aquilo e ela ficaria olhando, mas quando chegasse no fim, ela que faria. Mas considero a vida da 🙅🏻‍♀️ mais real, por mais que seja fantasia, e ela sairia do clichê, mesmo não sendo ela, porque a evolução da personagem teria que ser mais importante, certo?Estou completamente confusa, tanto que estou pensando em descartar essa história maluca.

Olá, tudo bem?

Na verdade, é bem interessante.

Porque sua história não pode ter duas protagonistas? Ou uma protagonista e uma coadjuvante bemmm importante? Não tem nada de confuso ou ruim nisso. Vejo que você já tem grande parte planejada, então, porque não tentar? Seria bem interessante passar a história toda enganando o público, mas de uma forma legal, e depois acontecer o plottwist que ninguém esperava, mesmo que estivesse debaixo do nariz de todos. Sim, eu concordo que o protagonista deve estar em evidência. Mas… se outra protorganista sempre estiver perto da primeira e a ajudar em tudo durante a aventura e no final se revelar a verdadeira heroína, não seria legal e bem diferente? Seria uma mega evolução de personagem. O que quer dizer que a protagonista não precisa enfrentar os desafios sozinha, assim as duas derrotando o vilão no final. Nada é impossível ou errado. Temos que experimentar e ver o que é melhor para a história, as possibilidades são infinitas. Só lembre de planejar bem qual a relação entre elas e quais habilidades cada uma tem e qual desafio cada uma deve ter mais destaque. Definir o papel de cada personagem é importantíssimo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.