DICA DO DIA – Descrições de Ambientação

Olá, como vão todos? Nesse post veremos um pouco sobre descrição de ambientes, tema sugerido por um seguidor.

Como eu disse no post anterior, a mais fácil e melhor forma de fazer descrições sobre ambiente e mundo ao redor é mesclando a descrição junto com a narração, contando o que o personagem vê. Essa descrição precisa fazer parte da narração e ser importante para o desenvolvimento da história. Descreva o ambiente e junto escreva o que esse ambiente faz seu personagem sentir. 

Para mostrar isso, tenho um trecho para exemplificar:

“Nuvens escuras pairam sobre seu apartamento, a tempestade sem fim que parece encobrir Beacon Hills como uma manta negra, escondendo o sol e o esplendor de cidade pequena. No céu há um estranho tom alaranjado e, embora o vento esteja parado e molhado, há uma sensação de movimento iminente que pesa nos galhos silenciosos das árvores ao redor do complexo.

Ele entra em seu apartamento às escuras e acende as luzes, mas nada acontece. Ele aperta o botão do interruptor para frente e para trás sem nenhuma mudança, e quando ele fecha a porta atrás de si, percebe que também não consegue ouvir a geladeira funcionando. Suspirando, se pergunta se há uma lanterna em algum lugar do apartamento. 

Um raio explode do lado de fora e os céus se iluminam por um momento, a chuva açoitando as janelas com pancadas furiosas em cascatas de água. Ele observa a tempestade irromper e sente uma afinidade com ela. Ele fecha os olhos e ouve a chuva torrencial que tenta invadir seu apartamento, a futilidade disso aquietando algo dentro dele, faz com que a dor e a raiva em seu peito diminuam e escorram pelo ralo como se fosse água fria.“

Trecho adaptado e traduzido de “This Is Not (A Love Song), por p1013″

Bem, o que preciso frisar aqui é:

  • A descrição nunca está sozinha;
  • A descrição faz parte da narração;
  • A descrição se mistura ao que o personagem fez, sente e pensa;
  • A descrição faz parte da ação dos acontecimentos.

Vocês veem com a descrição do ambiente deve ser feita? É esse tipo de descrição que vale a pena ler. Aqueles trechos desprendidos da história e que não afetam em nada os personagens ou enredo não nos importa. 

Para vermos se a descrição é necessária, faça o seguinte: remova a parte da descrição e veja se o texto faz sentido e se não faltam informações. Por exemplo, se tirássemos a descrição daqui faria toda a diferença, seria outro texto, um bem mais pobre e com pouco detalhes e muito menos emoção.

Espero que isso tenha esclarecido as coisas. Qualquer dúvida, me mandem uma ask, sempre amo responde-las. Veremos isso e muito mais no nosso curso, então corram lá, entrem no fórum e responda o questionário. E também não se esqueçam de compartilhar com os amigos.

Até mais,

Ana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.