DICA DO DIA – Como descrever situações de ação

Olá, como vão todos? Temos mais uma pergunta de uma seguidora. Segue abaixo a pergunta dela:


Bem, você tem que usar o “Mostrar e contar”. Nesse caso, você apenas usou o contar, entende?

Como fazer para Mostrar?

“Uma garota fugiu de uma briga e corre desesperadamente pelos corredores mais de repente ela acaba batendo no armário da escola, e cai no chão.“

Você percebe que aqui temos um acontecimento atrás do outro que não nos diz nada, que não comunica nada de importante. 

Temos que frisar um ponto muito importante: Não importa o que acontece em uma cena e sim como acontece, porque acontece e quem é afetado por isso. Não há um pensamento sequer da personagem, nem descrição de ambientação e nada que nos diga quem essa personagem é. Se lembre, escrevemos para sentir algo. Sendo assim, uma serie de acontecimentos apenas não irá manter o interesse de ninguém.

Qual a forma mais fácil de fazer seus leitores sentirem algo? 

Tornar esse texto mais pessoal, literalmente mostrar o que o personagem sente, pensa e quer. Traga a história para dentro do personagem que tudo ficará mais fácil.

Vamos tentar algo, devemos decidir:

  • Onde esse personagem está?
  • Porque ele está ali?
  • De quem ele foge?

Como você escreveu “escola” vamos entender que é no ensino médio e ela corre de um bully.

Agora, vejamos:

Droga! Como eu pude ser tão idiota? Adriana nunca tinha falado comigo antes, porque ela falaria agora? Mas eu não pude evitar, pensei que agora que eu tinha mudado minhas roupas as coisas ficariam melhor. Meu pior erro!

Segurei a mochila com mais força, a colocando nas costas e empurrei as pessoas no meu caminho, quanto mais rápido eu saísse daquele lugar, mais rápido eu poderia deixar tudo aquilo para trás.

– Ei, ei, ei! Onde você pensa que vai? – Senti alguém me segurar pelo ambro e me encolhi de dor, Derik tinha me tocado onde aquelas garotas tinham acertado. Eu nem precisava me virar para saber quem era; noite passada ele tinha estado bem ao meu lado, na minha cama, e hoje ele também esteve no meio da multidão, vendo aquelas garotas me machucarem novamente, sem fazer nada.

– Me larga! Eu te odeio!

– Dani, eu–

– Me larga!

Puxei meu ombro para longe dele e acabei batendo no armário com um estrondo alto, caindo no chão quando a dor foi demais para eu aguentar.

– Querida, estou tentando te ajudar.

– Me ajudar? Você estava no meio deles, rindo de mim! Tudo o que você quer é me usar. Mas acho que você já conseguiu, não foi? Qual vai ser a próxima armação? Me apedrejar? Ou quem sabe um pouco de tinta? Hmm?

Quando a dor amenizou o suficiente para as estrelas sumirem, abri os olhos, vendo sua expressão triste e chocada. Mas agora? Agora ele não ia me enganar, Derik tinha me ensinado que até as melhores pessoas não passavam de bons atores.

– Vá embora! – Eu gritei com toda a forma que meus pulmões ainda tinham. – Eu não quero te ver de novo e nem seus amiguinhos.

Gemendo e arfando dolorosamente, peguei a mochila que tinha caído do meu ombro e me arrastei até o ponto de ônibus onde uma longa jornada de quarenta minutos me esperava.

Eu faria algo assim.

Resumindo:

  • Precisamos definir o que esse personagem pensa e sente.
  • Ambientação
  • Emoção

Para encerrar: para passarmos certo tipo de emoção, o próprio personagem tem que estar sentindo isso. Como no exemplo que acabamos de ver, Dani está machucada e furiosa, se sentindo injustiçada e tão magoada e traída que ela poderia bater em alguém. Precisamos decidir que tipo de emoção esse personagem está sentido e passar isso para o papel, mostrando através das ações do personagem o quanto isso a afeta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.