INTRODUÇÃO – O que todo escritor deveria saber

 Sejam bem-vindos!

Eu me chamo Ana Freitas e atendo pelo pseudônimo de Ana C.Cohen ou Accohen em outras plataformas. Quero que todos se sintam acolhidos e a vontade para trocar experiências sobre escrita, discutindo qual é a melhor forma de fazê-la. Esse espaço tem o intuito de escrever matérias sobre escrita narrativa e trazer ferramentas que possam ajudar o escritor iniciante ou avançado a navegar por esse mundo desconhecido e por vezes complicado.

AGORA, O QUE A ESCRITA CRIATIVA SIGNIFICA?

Vamos já começar com o básico. O melhor conselho que eu poderia te dar é: Escreva! É importante entender que o primeiro passo é querer escrever.

Sempre achei estranho como essa é a primeira dica que todos os escritores dão. Escreva. Eles acham que as palavras vão criar vida própria e transformar aquele monte de frases desconexas em um texto bem escrito e com um enredo maravilhoso pronto para ser compartilhado com o mundo? Quisera eu em minha condição de escritora iniciante ter a facilidade que os outros escritores pareciam ter.

Tudo bem, confesso que posso ter dramatizado além da conta, mas falando sinceramente, tudo o que você precisa é de uma ideia, qualquer ideia, e de colocar o lápis no papel. Ou, se você é como a maioria dos escritores atuais, abrir o word e deixar que as palavras se despejem na tela do computador.

Porque foi o que fiz anos atrás.

Minha primeira história saiu, pequena e com no máximo 500 palavras, mas saiu.

É por isso que te peço, não deixe que ninguém te diga o contrário, porque você é importante e sua voz merece ser ouvida onde quer que você escolha divulgá-la; você é o dono da sua história e de como vai escolher desenvolve-la, mesmo que alguns conselhos pelo caminho te ajudem a chegar no pote de ouro no outro lado do arco-íris.

E ainda mais, peço para que você não se apresse e pule essa parte, sei que você é como eu fui um dia, ansiosa para aprender e colocar minhas ideias em prática, mas ela é tão importante quanto planejamento, estrutura, escrita ou a revisão. É um processo árduo e longo que por vezes te faz percorrer algumas curvas pelo caminho, embora isso apenas ajude sua história a ser mais interessante. É por isso que você precisa estar ciente do que virá pela frente e aproveitar a aventura o máximo que seu lado critico permitir.

Espero que essas minhas dicas se ajudem a chegar lá.

Talento

Eu gostaria de dizer que o talento por si só já te transforma em um escritor. Raramente. Eu poderia até dizer nunca, embora todo caso haja suas exceções.

Sim, foi o que você acabou de ler.

Na verdade, o talento é uma ilusão. O que existe é interesse e uma vontade de concretizar nossas palavras. Geralmente o interesse vem na infância, então quando chegamos a fase adulta parece que é um talento, e que na realidade é a pura prática, aplicada por anos e mais anos. E ainda assim, esse “talento” que um escritor precisa nem se compara com o trabalho duro de aprender como uma história deve ser escrita e o esforço de noite após noite revisando e reescrevendo.

Eu diria que talvez chegue a vinte por cento.

No máximo.

Não desanime, mas temo dizer que não existem atalhos, só determinação e dedicação. Sendo assim, a única coisa que posso te dizer nesse momento é:

Quando mais rápido que você começar a escrever, mais rápido você poderá se chamar de escritor.

E quando eu falo escritor quero dizer:

  • Aquele que escreve.
  • Autor de livros literários ou científicos.

Você não acredita em mim? Veja o exemplo de Stephen King ou George R. R. Martin, ou até J. K. Rowling. Não vou entrar em detalhes, apesar de saber que nenhum deles fazem o tipo de gênio prodígio. O fato é que eles escreveram, escreveram e escreveram mais até que a escrita deles foi o suficiente, conquistando o mundo com suas narrativas mágicas e seres maravilhosos.

Acredite

Ter sucesso na escrita não depende de sorte. Ela vem de entender que você não precisa ser um gênio para escrever uma boa história, pois todas as ferramentas necessárias estão a sua disposição; milhares de livros, incontáveis vídeos e blogs como este pela internet.

O que você precisa saber é: você é original. O que você tem a dizer tem valor; só você tem essa visão de mundo específica, ninguém teve os mesmos pensamentos que você ou teve as mesmas experiências.

Por exemplo, se você descrever uma avenida movimenta, descreva como seu personagem a veria. Ele gosta dos carros impacientes? Ele odeia ficar no trânsito? E aquele carro na frente dele? Será que ele não podia ir mais rápido? O que faria essa cena ser mais interessante para sua história? Tudo o que você precisa é ser criativo e escrever de uma forma que não seja obvia e comum. Eu aposto que se você usar sua visão de mundo e experiências em suas histórias e mostrar através dos olhos de seus personagens exatamente como você vê as coisas, isso já tornará suas ideias interessantes e originais. Mas primeiro você tem que acreditar em si mesmo e ter coragem colocar tudo para fora, o que há de bom em você e o que há de ruim e de mais escuro, ignore o diabinho critico dentro da sua cabeça e coloque essa bunda na cadeira. Apenas escreva.

Determinação

Escrever uma história até ela estar em um nível aceitável leva tempo e vontade para chegar até lá. Esse é uma verdade que escritores iniciantes ignoram, algo que eu ignorei por anos. E é por isso que eu abandonei minha primeira longfic e que provavelmente nunca vou chegar a terminá-la. Tudo isso tem uma razão, ou várias:

Regras da escrita

Eu as ignorei por um longo tempo por pensar que estaria copiando o que tinha vindo antes de mim. A verdade é que alguém já escreveu algo parecido com o que eu escrevo e é impossível criar algo completamente novo. Eu descobri que o importante é como eu escrevo e não o quê.

Desafio

Uma escrita que não te desafia, que não te mantém interessado na própria história, provavelmente não vai te motivar a escreve-la até o final, certo? Porque tenha a certeza, se você tem interesse pela própria história, as outras pessoas também terão.

Diversão

Trabalho duro também pode ser divertido. Quem me conhece sabe que eu adoro uma diversão na hora de escrever. Se eu ficar preocupa com cada palavra e quantos capítulos minha história deverá ter ou se estou ofendendo alguém no processo, dificilmente vou chegar até o final.

Enfim, você vai precisar de determinação se quiser terminar sua história. Você vai lutar e vai revisar mil vezes, você vai ter bloqueios criativos mesmo que tenha planejado cada capítulo e por vezes a vida vai se pôr no caminho da sua escrita. Você precisa se comprometer, com você mesmo, no orgulho de quando você finalmente ver uma história terminada, e também precisa se comprometer com seus leitores, aquele que tira o tempo dele só para ler o que você tem a dizer e que ainda deixa comentário, que faz suas horas em frente ao computador valer a pena. Então, se você começar uma história e postar em algum lugar da internet, dê o seu melhor e termine.

Conhecimento

Você precisa conhecer o seu objeto de escrita. Isto é, tem que conhecer o seu nicho, ler os outros autores que escrevem o mesmo que você; você precisa dominar a estrutura de escrita criativa e tudo que a engloba.

Conhecer não é o suficiente, você precisa saber o que acontece, quando e como, e aplicar nas suas histórias. O único jeito de fazer isso é…?  Você não me fazer repetir, vai? Aposto que você sabe a resposta.

Quero que você saiba de uma coisa: Você não é obrigado a seguir todas as regras. E você não deve, é claro, porque isso deixaria suas histórias mecânicas e engessadas. O que eu quero dizer é; você precisa conhecer bem as regras a ponto de saber julgar quais regras usar e quais jogar fora.

Os piores erros de iniciantes são

:

Personagens fracos;

  • Furos de enredo;
  • Falta de ritmo e fluidez;
  • Dialogo mal escrito;
  • Mistura de P.O.Vs;
  • Primeiro capítulo desinteressante;
  • Gramática e ortografia incorreta;
  • Entre outros;

Conclusão

Eu encerro aqui esse meu conselho. Ainda há muito o que aprender e gostaria que vocês embarcassem nessa aventura comigo. Então deixem comentários dizendo suas conclusões, suas dúvidas ou sobre o que gostariam de saber mais.

Obrigada por ler.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.