DIA 80 – Cenas para desenvolvimento de personagens, parte III #100diasdeprodutividade #personagens

Olá, como vão todos? Trago a terceira parte de cenas para desenvolvimento de personagens.

O personagem é rejeitado por outro personagem ou grupo de personagens.

Isso é bem recorrente em histórias de mudança, onde o protagonista não conhece ninguém. Ou quase todos vão rejeita-lo e ele vai fazer alguns bons amigos, ou ele se dará bem com quase todos, tendo aquele único personagem que vai repudia-lo com todas as forças. Parece não haver um meio-termo nisso, entretanto seria interessante retratar algo além disso, retratar a vida dessa pessoa que está lutando para se adequar a outro ambiente e fazendo seu melhor para não ser um rejeitado social.

O personagem olha para trás e vê até onde chegou.

Essa cena é característica de um personagem que passou por uma longa jornada. Ele fez amigos, aliados e inimigos. Conquistou algumas vitórias e perdeu algumas coisas pelo caminho. Ele está cansado e precisa desse tempo para se recuperar antes da batalha final. É onde ele revê o que fez e seus desafios até ali, avaliando se todo esse esforço valeu a pena e se ele seguirá em frente. É bem interessante fazer uma cena assim porque possibilita que a história dê uma desacelerada e vá preparando os leitores para o fim da jornada.

O personagem passa por um rito de passagem.

Geralmente se passa no início da história, mas pode acontecer em qualquer momento. Pode ser um casamento, aniversario, parabenização por uma promoção no trabalho, primeiro namorado e até um velório. Pode até ser um tradição que se o personagem não cumprir ele não poderá continuar sua jornada. Ritos de passagem são importantes porque fazem os leitores se identificarem com o personagem, pois são momentos comuns a todos nós, momentos cheios de emoção, trazendo nostalgia, felicidade ou tristeza sem precisarmos forçar nada.

O personagem se torna responsável por outros personagens.

É algo comum para muitos tipos de heróis ou em histórias trágicas. Alguém segue o protagonista na missão dele, o obrigando a proteger essa pessoa. Uma criança fica órfã e o protagonista é obrigado a cuidar dela ou um amigo precisa de ajuda e o personagem acaba se tornando responsável por ela. Essa pode ser uma forma de obrigar o protagonista a ter alguma responsabilidade na vida ou de assumir a missão emposta a ele.

O personagem aprende seu verdadeiro nome e origem.

Esse aqui são para história épicas, verdadeiras jornadas de heróis, como Merlin, ou em histórias de fantasmas, ou seres antigos, que tem vários nomes e cada nome tem diferentes importâncias. Nessas historias nomes tem poder, e poder é o que possibilita nossos heróis a chegar em seu objetivo.

O personagem tenta dominar e ocultar seus pensamentos ou emoções.

Personagens em negação. Pode ser sobre uma dor, uma pessoal, uma verdade ou um fato. Eles passarão a história inteira negando essa parte de suas vidas, colocarão a culpa em outros e até criarão conflitos e inimigos onde não precisaria ter, até que essa coisa vá de encontro a eles e os obriguem a encarar o problema de frente, da forma mais difícil e mais dolorida possível, os forçando a enfrentar as consequências de seus atos.

O personagem enfrenta a sua própria morte ou a de outro personagem.

Enfrentar a morte sempre é um assunto interessante. Alguns personagens que enfrentam a própria morte são corajosos e sempre saem com sequelas. Alguns se sacrificam por outros, sendo aclamados como mártires e os que sobrevivem, passam por algum tipo de trauma; uns ficam com depressão, outros se tornam suicidas com culpa de não terem morrido, já outros enlouquecem e viram exatamente a coisa que passaram a vida toda lutando para derrotar. É sempre legal abordar esse assunto com delicadeza e trazer as consequências dessa morte para o mundo em questão e para as pessoas que sobreviveram, sem nunca esquecer o lado psicológico da morte e as consequências: politicas, social, humanas e econômicas.

O personagem questiona uma crença que moldou sua personalidade.

Um dos meus preferidos. Até onde uma crença, que é algo ensinado e moldado a uma pessoa, é certo ou errado? Todos nós passamos por isso conforme crescemos, porém, quando acontece com um personagem que está a beira de conseguir o que ele quer, pode ser mais interessante ainda. O que faria seu personagem mudar tudo o que ele acredita? Seria a missão dele? Um interesse romântico? Dinheiro? Fama? Ou a busca por vingança? O que o faria questionar tudo o que ele conhece?

O personagem perde toda a esperança de que eles tenham sucesso.

O personagem  está cansado, já tendo passado por muitas provações ou missões. O objetivo parece impossível de alcançar ou ele não aguenta mais lutar. O que ele faria? Seus companheiros não o deixaria parar? Eles o salvariam? A ajuda viria de algum lugar inesperado ou eles perderiam com a cabeça erguida? Se juntariam aos inimigos numa tentativa de paz? Se sacrificaria em prol de outros? Esse é um momento de tensão e resolução final, ao menos para o fim de um arco narrativo.

O personagem contempla seu futuro.

Essa cena se passaria na conclusão do clímax. O personagem saiu vitorioso ou não, chegando a hora de retorna a casa. Ele contempla seu futuro e todas as dadivas que adquiriu; amigos, prêmios e interesses românticos, relembra suas perdas e danos também. Entretanto, vitorias psicológicas e morais devem ser mais importante do que as físicas. Devemos ver a mudança que o personagem sofreu, seja ela boa ou má, e o balanço do que ele aprendeu. A premissa da história deve ser respondida aqui, vendo se o escritor cumpriu ou falhou em entrega-la.

Obrigada por ler. E como sempre peço encarecidamente que vocês curtam, comentem e se possível compartilhem o post. Até a próxima!

2 comentários em “DIA 80 – Cenas para desenvolvimento de personagens, parte III #100diasdeprodutividade #personagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.