DIA 54 – Escreva mal, depois você pode escrever bem #100diasdeprodutividade #conversas aleatórias

Olá, como vão todos? Hoje quero falar de algo meio polêmico, sobre a forma que nós escritores devemos escrever.

Aqui no blog tem muitos posts sobre como escrever, o que escrever e como escrever, porém, creio que pulei o passo mais importante, a própria escrita. Como ela nasce? Porque nasce? Eu sempre esqueço que antes vem gostar do que se escreve e depois os aspectos mais técnicos.

Você se lembra porque começou a escrever? O que te incentivou? E principalmente, como saiu seu primeiro texto? Até hoje eu ainda me lembro, era algo que nem parecia uma narrativa, era mais… uma descrição de ambiente com pensamentos do personagem. Sim, era algo que até eu sabia que não era bom, então, porque eu continuei? E esse é o ponto, com o tempo comecei a escrever outras coisas e evoluir, na época eu nem percebi que eu evoluía. Eu só percebi que meus textos estavam melhores porque uma leitora se ofereceu para corrigir alguns erros gramaticais, e tipo, ela ia me apontando coisa que antes eu fazia e que por algum motivo tinha parado.

Foi quando descobri o que uma beta era, lá por meados de 2009. Depois disso, a escrita ficou mais fácil, porque eu começava a entender o que fazer, e mais difícil também, porque eu não conseguia mais escrever de qualquer jeito. Então, eu descobri a revisão/reescrita, o meu pior pesadelo pelos próximos cinco ou seis anos. Eu juro, cada palavra que eu tinha que reescrever ou adicionar era como se alguém me torturasse, eu não conseguia nem olhar para o que eu escrevia, então como eu podia esperar que outras pessoas quisessem ler? Era minha alto crítica me levando a pensar que bons escritores não precisavam fazer isso. Que belo engano, descobri na marra que a reescrita é sua amiga. É ela que difere um texto qualquer de um texto narrativo, bem escrito e bem estruturado.

A única coisa que me resta a dizer é: ninguém nasceu sabendo. Escreva como você quiser; com erros, faltando palavras, sem estrutura, só diálogos ou o que vier na sua cabeça. Decida se essa historia vale a pena ser vista por outras pessoas e se for, é hora de reescrever, de poli-la até que ela se assemelhe a uma narração. Se você não conseguir nas primeiras tentativas, está tudo bem. Tente escrever outra coisa ou outras cenas dessa historia. Se juntar a grupo de escrita criativa ou tentar exercícios de escrita é bem útil. Você precisará de muita prática e é aí que vem as técnicas e dicas de escrita. Se você estiver empacado procure blogs e sites que tratem desses assuntos ou peça ajuda a pessoas. Apenas mantenha a mente aberta e não leve no pessoal, você irá descobrir que no fim o caminho da escrita não são flores, com certeza, não. A estrada é cheia de buracos, espinhos e pedras, é cansativo e às vezes, esgotante, física e mentalmente, sempre me sinto exausta depois de uma boa escrita; e se você chegou até esse ponto, meus parabéns, somos dois ou dois milhões, pois quando você pedir ajuda e esse ser for alguém com boas intenções, essa pessoa vai ser sincera com você, ela vai te dizer o que está ruim e o que pode ser melhorado. Entretanto, não acredite em tudo o que te dizem. Se alguém apontar algum erro, essa pessoa também deve apontar uma solução ou ter argumentos convincentes, e se essa critica ou dica não servir para você, jogue fora. Vão haver momento em que não estaremos prontos para escutar certas coisas, e está tudo bem, apenas se lembre de ser educado e compreensivo, e sempre ser sincero com quem perde tempo tentando te ajudar.

Aqui fica minha consideração final. Se permita escrever mal se for seu desejo, só se lembre que esse texto terá que ser editado, você querendo ou não.

2 comentários em “DIA 54 – Escreva mal, depois você pode escrever bem #100diasdeprodutividade #conversas aleatórias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.