DIA 40 – 10 Tropes de Romance #100diasdeprodutividade

Olá, como vão todos? Hoje gostaria de apresentar a vocês os tropes, um dispositivo narrativo usado para discutir uma situação ou uma característica marcante de um personagem de modo a se desenvolver uma história.

Porém, o que difere um enredo normal de um trope é que ele foi usado tanto e tão rotineiramente que virou algo comum, o tão chamado clichê. Entretanto, esses dois termos; trope e clichê, um tem um tom mais negativo do que o outro, assim fazendo parecer que um tem mais valor do que o outro, quando, na verdade, um enredo só se tornará um clichê se você escrevê-lo dessa maneira.

É interessante misturar mais de dois tropes ou modifica-los de acordo com seu objetivo na escrita, além deles trazerem aquela familiaridade para os leitores. Não sei quantas vezes pensei: “Hmm, hoje gostaria de ler algo do tipo inimigos que viram amigos.” É um dos meus preferidos, porque, nem sempre escrita se trata de originalidade e sim de entretenimento e lições de vida.

Os tropes são infinitos, porém trago 10 deles:

Triângulo amoroso

Um dos mais comuns em romances. Três personagens competem pelo amor um do outro, e apenas dois sairão vitoriosos. Este é um trope bom para criar tensão, já que o leitor se pergunta quem será o par e quem será deixado sozinho com seu amor dolorosamente não correspondido. Ela escolherá o garoto mau ou o nerd? Ele escolherá a líder de torcida ou o patinho feio. Mas… porque não inverter as coisas? E se as duas pessoas que lutaram pelo amor do protagonista ficassem juntas? E se ninguém ficasse com ninguém? Ainda melhor, e se todos ficassem juntos? A imaginação é o limite.

Bilionário Secreto

Pode ser um bilionário ou membro de uma família real. O motivo desde estar cansado de seu estilo de vida luxuoso, fugir dos holofotes ou querer que as pessoas o vejam como um individuo e não como um banco. Disfarçado ou com uma identidade nova, encontra alguém que os trata como se fosse uma pessoa comum. Quer isso os deixe frustrados ou fascinados, isso pode proporcionar uma bela aventura. O resultado final pode vir de algumas formas, o amor verdadeiro, uma amizade sincera ou até um herdeiro, o fato é que o bilionário encontra algo sincero e verdadeiro.

Amigos à amantes

Eles são amigos de infância ou se conheceram recentemente, o amadurecimento vem e as coisas esquentam – mesmo que se vissem apenas como amigos, agora se vêem como um potencial interesse amoroso. Esse trope é popular porque vemos dois personagens se unindo como amigos primeiro, o que lhes permite ser mais abertos um com o outro, sem que um relacionamento físico atrapalhe. À medida que seus sentimentos um pelo outro, e a tensão sexual, aumentam, não podemos deixar de querer que eles fiquem juntos para que possamos vê-los passar de “melhores amigos desde o ensino médio” a “felizes para sempre”.

Presos

Existem muitas variações do trope “presos”, que geralmente é uma gama de comédias românticas ou até mesmo outros gêneros: duas pessoas presas em uma cabana coberta de neve, forçadas a ficar juntas durante a noite no escritório, em uma viagem ou até mesmo preso em um casamento arranjado. Seja como for, esse trope prenderá dois personagens – sejam eles inimigos jurados ou já atraídos um pelo outro – no mesmo lugar e permitirá que o drama ocorra.

Inimigos à amantes

Inimigos à amantes é um dos tropes amados, duas pessoas que se odeiam, o motivo pode ser variado, acabam superando suas diferenças e angústias e terminando a história com uma declaração de amor ou amizade. O trope “inimigos à amantes” geralmente anda de mãos dadas com o trope “preso”, uma vez que reunir dois inimigos em uma sala pode levar a resultados muito interessantes.

Amor Proibido

Uma das histórias de amor mais famosas de todos os tempos, Romeu e Julieta de William Shakespeare, é um exemplo clássico de amor proibido: dois personagens que não podem ter sentimentos um pelo outro se envolvem em um relacionamento romântico. As coisas que os separam podem variar da política da família em Romeu e Julieta ao problema de sugar o sangue no romance paranormal de Stephenie Meyer, Crepúsculo. E, é claro, as coisas sempre ficam mais complicadas – seja o casal descoberto saindo escondido ou com um bebê secreto após uma gravidez acidental.

Segunda chance

Dois amantes se separam e depois anseiam um pelo outro. Alguém está procurando amor novamente depois de um divórcio ruim. Ou o conto de fadas do herói/heroína acabou sendo um pesadelo, e agora um novo romance dará esperança novamente. Esse trope traz o personagem perdeu a chance durante o primeiro amor e está prestes a encontrar um segundo. O próximo encontro às cegas ou a permanência de uma noite pode ser a experiência que os ajuda a acreditar no amor novamente. Ou também pode ser o reencontro do antigo amor, dando uma nova chance àquele amor.

Almas gêmeas

Esse trope é uma história sobre dois personagens que são destinados a ficar juntos, apresentando o “amor verdadeiro”. Porém, qualquer história seria entediante se tudo estivesse indo bem para o casal, é por isso que muitos escritores de romance que usam o trope de “almas gêmeas” também precisam separá-los de alguma forma. Se há um mal-entendido horrível ou um desastre natural que os separa, almas gêmeas em histórias de amor sempre encontram uma maneira de voltar a se reunir. Uma forma interessante de retrata-las poderia ser amantes que viram amigos, mas que são mais importantes do que os próprios parceiros.

Relacionamento falso

Eles não pediram por isso. Talvez eles estejam cansados ​​de dizer a todos que são solteiros ou precisam fingir que estão apaixonados para sair de uma situação social embaraçosa. Talvez dois personagens concordem com um casamento de conveniência, a fim de subverter a lei ou obter uma isenção fiscal melhor, ou uma situação de amigos com benefícios para evitar a solidão. Mas, é claro, em muitas histórias de “relacionamento falso”, o que começou como um relacionamento falso rapidamente se transforma em amor verdadeiro.

Primeiro Amor

Costuma ser o primeiro amor entre os dois personagens. Se eles tiveram outros relacionamentos antes disso, muitas vezes será declarado que eles não amavam verdadeiramente seus amantes anteriores. É aquele amor que é lembrado com mais carinho pelo personagem, pois é comum o que as pessoas experimentam quando se apaixonam pela primeira vez. Há também o arco da história que vem junto com o Primeiro Amor, quando resulta bem para os dois envolvidos; esse “primeiro amor especial, doce e inocente”, que muitas vezes desempenha um papel importante em histórias de amadurecimento ou até pode se converter em um único amor, o personagem ficando com uma pessoa só durante toda a vida.

Abaixo segue uma lista com alguns tropes, tirado desse site:

FONTE

https://www.masterclass.com/articles/popular-romance-fiction-tropes-to-keep-your-readers-hooked#want-to-learn-more-about-writing

https://tvtropes.org/pmwiki/pmwiki.php/Main/RomanceNovelTropes

https://respectingromance.tumblr.com/post/151028728126

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.