DIA 29 – O que esperar de um beta (quando você pedir ajuda para escrita) #100diasdeprodutividade #conversas aleatorias

Olá, como vão todos? Hoje gostaria de discutir com vocês algo que vem me incomodando. O que esperar de betas ou guias criativos.

A primeira coisa que eu tenho que te dizer é: Não é bem o que você pensa. Nem eu e nenhum beta vai te dizer como se deve fazer. Há técnicas, estilos e modos de escrever, sim. Porém, não vai ser em um passe de mágica que tudo vai se resolver e você vai ter milhares de livros completos.

Meu segundo conselho é: estude. Não, escrever errado não é uma forma de estilo, é só descaso com a escrita. Escrever fora da norma gramatical e linguística não é senso de originalidade, é só preguiça. Usar as construções gramaticais como você bem entende não é descolado, é só… uma grande confusão mental para quem irá ler seu texto.

A terceira coisa é: o texto escrito é padronizado por um motivo. Ele serve apenas como uma ferramenta de comunicação, pois onde queremos chegar é nas histórias e nas melhores formas dela ser contada. Então, me faça um favor, tente seguir as normas estabelecidas conforme sua língua de destino, mudar uma coisa ou outra dentro dos padrões vai bem, já, escrever tudo fora de ordem e de forma estranha só dará dor de cabeça para quem for ler. Você gostaria de passar dez minutos para entender um paragrafo só? Então, porque você pensa que outras pessoas querem o mesmo?

Historias não são sobre escrever da forma mais estranha e “criativa” que você encontrar e sim sobre sentir. Quer fazer um teste? Pegue dois dos seus livros favoritos. Analise alguns parágrafos de cada um. Você verá que eles têm muitas similaridades. Eles são iguais? Não. Porém, eles terão coisas parecidas, como gramática, ortografia, ambientação, protagonistas, lugar e ação.

A quarta é: Nenhum beta vai te encher de elogios. Ou esse deveria ser o caso. Apontar as qualidades do seu texto é necessário, mas apontar também os defeitos é o mais importante. Afinal, você está ali para ter seu ego amaciado ou para receber uma opinião sincera e que te ajudará a melhorar sua história? Eu juro, tentei não falar disso pelos últimos dez anos da minha vida, mas chega num ponto… é por isso que eu raramente ajudo as pessoas fora do blog. É tão cansativo. É por isso que vou registrar nesse post aqui, para deixar bem claro o que eu, como beta, posso fazer por você, e o que você deveria ter em mente quando procurar por um.

O beta:

  • Não é obrigado a aturar falta de respeito. Sempre escute as críticas de mente aberta. Se você irá aceita-las é outro assunto.
  • Pode errar. Questione pontos que não ficaram claros. Não importa o tópico, se foi abordado o beta deve dar uma explicação do porque dele ter feito tal alteração.
  • Dever ser ouvido. Se você foi até ele, quer dizer que você precisa de ajuda. A não ser que você só esteja procurando um leitor para aumentar seus comentários. Se for isso, nem perca seu tempo comigo. Eu só vou comentar em uma plataforma se eu realmente gostar da história, não importa quem você seja.
  • Merece respeito. Novamente, só porque uma crítica está sendo feita, o beta não merece esse tipo de tratamento, pois a crítica não é feita a você e sim ao texto. Mas mesmo assim, se você se sentir ofendido, diga isso de forma educada. Comunicação é tudo.
  • Nunca faz criticas pessoais ou á pessoas. Criticas se referem ao estilo, enredo e personagens, nunca ao escritor. Se você achar o contrário, é sua imaturidade e inabilidade de escutar a verdade, mesmo que doa. Outro dia, uma beta me disse que eu usava muito o itálico para frisar algumas falas indiretas no texto, o que a irritava. O que era a verdade, eu disse que estou tentando melhorar e que eu costumava usar muito mais. O fato é que ela estava certa e a partir daí passei a usar ainda menos.
  • Nem sempre vai saber tudo, mais do que você ou o que você sabe. É preciso ter paciência e se esse beta não for adequado, tente achar outro, porém seja sincero e educado na hora da comunicação, afinal, ninguém precisa saber tudo na vida. Eu, por exemplo, não sei nada sobre roteiro e estou me aprofundando em construção de personagens. Ninguém é perfeito
  • Não vai escrever as coisas por você. Essa é a verdade, ele pode até corrigir seu texto e dar a opinião dele, mas não espere que ele crie o enredo com você ou escrava para você. Há exceções, é claro. Eu sou mais uma preparadora do que uma beta. Se o autor me der permissão gosto de reescrever algumas frases e dar exemplos práticos de como executar algumas técnicas, como “Show, don’t tell”  e uma forma melhor de inserir ambientação no meio do enredo de modo que fique invisível aos olhos do escritor ou até recomendar livros e outras técnicas de estrutura narrativa. Porém, eu nunca vou inserir no texto algo que nunca esteve lá ou vou transformar em algo que nunca deveria aparecer. Tento dar dicas de como melhorar e expandir o que já existia.

Bem, vou parando por aqui. Eu poderia continuar e jogar todas as minhas frustrações nesse post. Mas prefiro dizer somente o que possa ajudar a outras pessoas. Como deixei implícito, sempre estou disposta a ajudar escritores, porém é necessário separar negócios da diversão. Quando estou betando é uma leitura diferente da que eu faria se estivessem lendo como uma leitora. E talvez esse seja o problema. Tudo parece ser pessoal demais nesses dias, tudo é um ataque direto a você. E se não fosse? E se a leitura critica fosse somente isso? Uma leitura critica que foca em destacar as qualidades e defeitos de um texto narrativo?

O que vocês acharam desse post? Gostaria de saber a sua opinião! Deixe um comentário abaixo e siga o blog!

2 comentários em “DIA 29 – O que esperar de um beta (quando você pedir ajuda para escrita) #100diasdeprodutividade #conversas aleatorias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.