DIA 27 – Aspectos de desenvolvimento narrativo, parte II (focando no personagem) #100diasdeprodutividade

Olá, com vão todos? Hoje trago mais alguns aspectos que podem ajudar no desenvolvimento narrativo.

Seus personagens precisam ter problemas

Não me refiro a falhas ou furo de narração e sim problemas do dia-a-dia ou conflitos no geral. Pode ser problemas na família, trabalho, amor ou até nosso querido vilão de cada dia. O que importante é que sem problemas a serem resolvidos, ou conflitos, não há historia.

Seus personagens precisam tomar decisões

Pode parecer óbvio, mas nem sempre é. O Problema não é seu personagem apenas passar por algo que o incomode, eles devem ser confrontados com escolhas e precisam tomar decisões ativas que afetam o resultado da história. Isso é, eles devem ser aqueles que decidem e praticam a ação ao invés de esperar que outras pessoas tomem no lugar deles. Assim, seus personagens não serão lidos como passivos, pois personagens passivos não são interessantes.

As escolhas precisam ser difíceis

Dê a seus personagens conflitos internos e externos. É preciso que além do perigo de algo ser destruído, o personagem tenha algo pessoal a perder. Pode ser o estilo de vida dele, um parente, um amigo ou até um interesse romântico. O perigo tem que ser real para o personagem e só assim ele parecerá convincente. As decisões precisam ser difíceis e cansativas e até incertas de tomar. É interessante que o personagem tenha que sair de um lugar confortável e seguir numa jornada incerta, não sabendo o que ele irá enfrentar em seu grande problema ou como.

Ao descobrir quais opções seus personagens escolherão, lembre-se de:

  • Motivações: o que eles buscam nessa jornada
  • Historia de vida: passado e experiências. Sua moral, crenças e índole.
  • O que ele acredita e o que mais deseja.
  • Sua personalidade, física e psicológica.
  • Medos e traumas
  • Lealdades e amizades. O que ele faria por aqueles que ama.

Descubra o nível de dificuldade

Com base no tipo de história que você quer contar, o nível das dificuldades que seu protagonista passará serão diferentes. Uma ficção científica sobre um mundo apocalíptico terão dificuldades maiores do que um romance sobre casamentos. Eu não digo que um tipo de conflito será mais fácil que o outro, e sim que a magnitude do problema será maior que o outro. Muitas histórias não têm riscos suficientes para que os leitores sejam cativados. Sabe quando algo parece faltar? Geralmente é o nível de conflito na história. Já cansei de ver enredos sem um conflito palpável, não que fossem historias ruins, porém elas poderiam ser ainda melhores se tivesse aquela faísca que um bom problema traz. Compreender quais são os riscos e dificuldades de cada historia pode nos ajudar a descobrir que tipo de experiência de leitura esse livro terá.

FONTE

https://ilikestopwatches.tumblr.com/post/619724414019305472/here-are-3-ways-to-improve-your-plot

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.